'

F-Truck: Fogaça é terceiro em Caruaru

Sorocabano abre temporada com pódio justamente na corrida que era considerada uma das mais difíceis do ano para sua equipe. Na primeira parte da prova, ele cruzou a linha de chegada em quarto

Quarto colocado no grid de largada para a etapa de abertura da temporada de 2015 da Fórmula Truck, o sorocabano Djalma Fogaça conquistou neste domingo (1/3), no Autódromo Ayrton Senna, em Caruaru (PE), mais um pódio na categoria. Ele foi o quarto colocado na primeira metade da corrida – que, a partir deste ano, passa a valer pontos como uma prova independente -, e na parte final da disputa recebeu a bandeirada em terceiro.

Em razão das dificuldades enfrentadas nos dias que antecederam esta primeira prova do calendário, os dois bons resultados obtidos em Caruaru foram considerados ainda mais relevante para o sorocabano da DF Racing Fans. O final de semana começou conturbado para boa parte das equipes da F-Truck, devido ao atraso na chegada dos equipamentos em razão do fechamento de estradas federais por grevistas.

Com isso, os mecânicos da equipe e o próprio Djalma Fogaça, que dirige a estrutura, passaram a noite de sexta-feira para sábado em claro trabalhando nos ajustes do box. Para deixar os caminhões prontos para o domingo, os mecânicos voltaram a passar boa parte da madrugada sem dormir, o que exigiu grande esforço do grupo na busca por bons resultados.

“Foi um fim de semana de superação, e nem posso descrever o quanto estou feliz por ter dado tudo certo. Na corrida fomos ainda mais competitivos do que nos treinos livres e de classificação, e isso corresponde a uma vitória para nossa equipe. Para a corrida de Caruaru esperávamos dificuldades, já que fazia muito tempo que não andávamos bem no Autódromo Ayrton Senna. Mas o resultado mostrou que todo o trabalho que fizemos na pré-temporada começou a dar resultado e isso é importante para que cada integrante da nossa equipe acredite que é possível fazermos uma grande temporada”, avaliou o sorocabano.

Além de receber a bandeirada final na terceira posição, Fogaça fechou a etapa pernambucana com a segunda melhor volta da corrida final – vencida por Felipe Giaffone. Na primeira parte da prova ele estabeleceu o quarto melhor giro. As duas corridas deste domingo tiveram seis fabricantes diferentes ocupando as cinco primeiras colocações, o que comprova o alto nível de competitividade da Fórmula Truck e projeta uma temporada bastante equilibrada entre os caminhões.

“O mais importante deste resultado é olharmos para a frente”, afirmou Fogaça. “Trabalhamos muito bem na oficina durante a pré-temporada, estreamos um novo motor, e todo este empenho deu resultado na busca não apenas por velocidade para os nossos caminhões, mas também no sentido de melhorar ainda mais a nossa já conhecida confiabilidade. Nesta prova estreamos novos patrocinadores, e me sinto muito feliz e honrado em poder dar a eles este pódio. Só tenho a agradecer a todos pela confiança no nosso trabalho e, espero que este resultado seja um forte indício de que teremos um ano maravilhoso pela frente”, acrescentou o sorocabano.

A DF Racing Fans começa 2015 com o patrocínio da Ford Trac, resultado de uma parceria entre a Autotrac e a Ford Caminhões, e a Roma Jensen, que é o patrocinador Master do time. A equipe também iniciou em 2015 parceria com a fabricante de molas parabólicas Aesa.

Raijan abandonou – O bom resultado de Djalma Fogaça em Caruaru só não foi mais comemorado em razão do problema enfrentado por seu companheiro na equipe DF Racing Fans, o mato-grossense Raijan Mascarello. Décimo primeiro no grid de largada, ele abandonou a disputa na 11a passagem e não completou a segunda parte da prova.

O próximo desafio da equipe DF Racing Fans está marcado para o dia 12 de abril, em Brasília (DF). Veja como terminou a prova deste domingo em Caruaru:

Corrida – Parte 2 – Fórmula Truck

1) Felipe Giaffone (Volkswagen, PR), 12 voltas em 25:53.318
2) Wellington Cirino (Mercedes , PR), a 1.716
3) Djalma Fogaça (Ford , PE), a 6.825
4) André Marques (MAN , PR), a 9.162
5) Diogo Pachenki (Mercedes , PR), a 12.872
6) Beto Monteiro (Iveco , PE), a 14.063
7) Jaidson Zini (Iveco , PR), a 20.862
8) Rogerio Castro (Mercedes , GO), a 21.291
9) Pedro Muffato (Scania , PR), a 27.572
10) Gustavo Magnabosco (Scania , SC), a 29.447
11) David Muffato (Scania , PR), a 34.694
12) Roberval Andrade (Scania , PE), a 1:01.919
13) Leandro Totti (Volkswagen , PR), a 1 volta
14) Gabriel Correia (Ford , GO), a 2 voltas
15) Regis Boessio (Volvo , RS), a 7 voltas
16) Débora Rodrigues (Volkswagen , PR), a 10 voltas
17) Adalberto Jardim (Volkswagen , PE), a 11 voltas

Melhor Volta: Felipe Giaffone, 1:53.407 (100.9 kmh..)

Corrida – Parte 1 – Fórmula Truck

1) Felipe Giaffone (Volkswagen, PR), 15 voltas em 28:15.160
2) Wellington Cirino (Mercedes , PR), a 3.002
3) Leandro Totti (Volkswagen , PR), a 8.263
4) Djalma Fogaça (Ford , PE), a 13.432
5) André Marques (MAN , PR), a 18.381
6) Diogo Pachenki (Mercedes , PR), a 19.330
7) Beto Monteiro (Iveco , PE), a 19.959
8) Débora Rodrigues (Volkswagen , PR), a 46.507
9) Jaidson Zini (Iveco , PR), a 51.872
10) Rogerio Castro (Mercedes , GO), a 54.872
11) Pedro Muffato (Scania , PR), a 1:07.914
12) Gustavo Magnabosco (Scania , SC), a 1:09.246
13) Roberval Andrade (Scania , PE), a 1:28.149
14) Paulo Salustiano (Mercedes , PE), a 3 voltas
15) Raijan Mascarello (Ford , MT), a 4 voltas
16) Adalberto Jardim (Volkswagen , PE), a 4 voltas
17) David Muffato (Scania , PR), a 5 voltas
18) Regis Boessio (Volvo , RS), a 5 voltas
19) Gabriel Correia (Ford , GO), a 8 voltas

Melhor Volta: Felipe Giaffone, 1:50.173 (103.9 kmh.)

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por STI Esporte