São Paulo/São Bernardo sai na frente, tem erros fatais e sofre derrota em casa.

SPOGUA 1     SPOGUA 2

SPOGUA 3

No Poliesportivo de São Bernardo, a equipe tricolor amargou mais uma derrota pela Liga Futsal na noite deste sábado.    

 

No jogo que correspondeu à segunda fase da Liga Nacional de Futsal, São Paulo recebeu o Guarapuava, do Paraná em São Bernardo, onde manda seus jogos.

As duas equipes vieram de situações distintas na tabela: enquanto o São Paulo/São Bernardo fazia sua segunda partida e vinha de derrota para o Jaraguá fora de casa por 3 a 1, o Guarapuava estreava nesta fase da Liga.

Os espectadores que esperavam uma boa partida não se arrependeram! O São Paulo começou impondo seu jogo, impedindo que o equipe visitante atacasse de maneira mais precisa, mas que teve suas chances no contra-ataque. E assim, o próprio São Paulo abriu o placar com Pesk, que recebeu na cobrança de escanteio de Johnny, girou bonito e chutou sem chances para o goleiro Marcão aos 4 minutos da primeira etapa.

Porém, não demorou para o Guarapuava empatar com Mauricinho, roubando a bola de Paulinho Japonês e, em boa disparada pelo setor esquerdo, bate forte. E, logo em seguida, virou em uma jogada parecida, mas dessa vez quem roubou a bola foi Deivão, após erro de passe de Ítalo, lançou o craque da camisa 8, que chutou de primeira, fazendo o seu segundo gol e o da equipe paranaense.

Na segunda etapa, o São Paulo precisava se impor, pois, graças aos erros de passe, permitiu a virada do Guarapuava. Mas, o nervosismo da equipe era tanta que não conseguiu se ajeitar no início da etapa final. Aproveitando os erros tricolores, o Guarapuava fez mais um com Deivão, em belo contra-ataque, abriu espaço e chutou de longe.

Como se não bastasse, os visitantes estavam achando jogo a seu favor, com gritos de olé dos seus torcedores. E, nesse ritmo, Bruno Petry, recebendo belo passe de Bisqui, tirando o marcador e empurrando para a rede fez 4 a 1.

O técnico João Batista ficou irritado e pediu tempo para recuperar seus jogadores, que estavam taticamente perdidos. E o alerta funcionou! Em cobrança de escanteio e após duas tentativas, no terceiro rebote, Índio chuta de longe e diminui a desvantagem para o Tricolor. E, exatamente, 5 segundos depois, na saída errada de meio do Guarapuava, Lelê desarma Régis, dispara e, com tiro certeiro, marca o terceiro da equipe paulista.

A partir deste gol,, a equipe se animou e foi para cima o restante da partida, com bolas na trave de Paulinho Japonês e Johnny, e uma excelente jogada, digna de craque, do Pesk, mas que, ao finalizar, ficou sem ângulo, portanto cruzou, mas ninguém chegou a tempo para desviar para as redes. Se entrasse, seria um gol de placa pela jogada!

Mesmo com toda a pressão, o jogo acabou mesmo no 4 a 3 para os paranaenses da cidade que leva o mesmo nome, sendo a segunda derrota consecutiva do Tricolor na competição.

Agora, ambos focam nas partidas em seus estaduais. O Guarapuava encara o Red Panther/Muffatão/Cascavel pela 2ª Fase da competição na terça (21); e o São Paulo recebe o Corinthians na sexta (24), encarando o primeiro Majestoso do Futsal.

Imagens: LNF

Por Lucas Nascimento – STI ESPORTE

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por STI Esporte