Vinícius Veiga do Segunda Base fala sobre seu trabalho informativo de Beisebol ao STI Esporte

 

Vinícius Veiga

Vini

Tenho 21 anos, e atualmente moro em Belo Horizonte. Minha ligação com o beisebol começou em 2009, e passei a acompanhar fielmente no ano seguinte. Desde 2011, trabalho diariamente com o esporte, quando comecei o blog Spinball Net. Anos mais tarde, no final de 2014, aceitei a proposta para ser o editor-chefe do Segunda Base — atualmente maior site de beisebol do país.

Meu trabalho nos esportes americanos também se cruza com o ExtraTime, que durante quatro anos foi o maior site do ramo. Em 2016, fiquei oito meses como um dos repórteres do site — previamente, havia trabalhado por períodos esporádicos para eles. Também fui colunista do site Jumper Brasil, referência em basquete.

2s

No beisebol nacional, o ano de maior cobertura do Segunda Base foi em 2016, quando conseguimos a grande façanha de cobrir o qualificatório do WBC, em New York, in loco através do Erlan Valverde. Além disso, cobrimos a Taça Brasil e a fase final da LDB in loco. Também entrevistamos várias personalidades do beisebol brasileiro, como André Rienzo, Leonardo Reginatto, Felipe Fukuda, Pedro Ivo e outros.

Para 2017, o Segunda Base pretende se tornar uma referência ainda maior no beisebol nacional e se estabelecer como sinônimo de ótimo jornalismo sobre beisebol. Neste ano, também temos vários projetos, e atualmente estou escrevendo dois e-books que em breve serão disponibilizados (Manual do Beisebol e Guia da Temporada da MLB 2017).

 

O STI Esporte enaltece o ótimo trabalho que Vinicius Veiga vem desenvolvendo junto ao Segunda Base valorizando ainda mais aos atletas, dirigentes, equipes, torcidas, organizadores e apoiadores do beisebol no Brasil.

 

Jota Alves

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por STI Esporte