Fase Difícil

Que Fase Difícil:

Ontem 6, em Jiangmen, na China, a seleção brasileira foi derrotada  ontem pela seleção dos Estados Unidos pelo placar de 3×1 com as seguintes parciais : 25/23, 26/28, 25/21 e 25/18.

 

Na madrugada de hoje ,a seleção voltou à quadra,desta vez para enfrentar a Rússia e venceu a adversária no tie break com as seguintes parciais: 15/25, 25/21, 25/20, 19/25 e 17/15.

 

Com a completa instabilidade na recepção,bolas fáceis russas caíam na quadra brasileira.

 

Mesmos nos sets que o Brasil venceu ,a equipe brasileira permitiu a reação russa e o empate e a virada em poucos pontos,precisou suportar a pressão,buscar a liderança novamente e conquistar a vitória nos sets.

 

Tchau

O tie break foi na base do ponto a ponto , estressante e o suspense de quem levaria a vitória foi até o final.

 

Tandara novamente foi o destaque com trinta pontos completados.

 

A fase termina com o Brasil precisando três pontos para classificar para a fase final da competição.

 

Ao todo são vinte e oito pontos conquistados com dez vitórias e duas derrotas , o que deixa a seleção brasileira vice líder da competição atrás dos Estados Unidos com trinta e um pontos.

 

A próxima fase da competição será disputada a partir da próxima terça feira que será realizada na Itália e o primeiro jogo será contra a seleção da Bélgica na terça feira 12, ao meio dia,horário brasileiro.

 

As equipes:

Brasil: Roberta, Tandara, Gabi, Amanda, Adenízia e Bia. Líbero – Suelen

Entraram – Macris, Monique, Mara, Drussyla, Rosamaria e Carol

Técnico – José Roberto Guimarães

Rússia: Romanova, Malykh, Efimova, Parubets, Lyubushkina, Biryukova.  Líbero – Kutiukova

Entraram – Voronkova, Kotikova e Kurnosova

Técnico – Vadim Pankov

 

Lembrando que ainda faltam participar da equipe as jogadoras que estão em recuperação de lesões: Nathália e Thaísa que ainda não jogaram .

 

Gabiru  participou muito pouco da primeira etapa.

Gabi que participou de todos os jogos da primeira etapa, porém somente no primeiro set e sendo substituída por Drussyla.

As jogadoras que ainda não participaram estão treinando com preparação física para retornarem muito bem na fase final ,porém estão fora de ritmo de jogo .

 

Cabe ao torcedor brasileiro torcer muito na próxima fase ,para que o Brasil some os pontos necessários ,alcance a classificação e jogue o volume de jogo necessário para vencer  a Itália com ataque forte no saque e a Tailândia que preza e tem como força a defesa.

 

O Volume brasileiro deve estar centrado no saque agressivo ,bloqueio para impedir jogadas fortes da Itália e a evolução qualidade  da recepção e o final dos vacilos na defesa.

Patrícia Deud

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por STI Esporte