Azulão empata com XV de Piracicaba e conquista pela primeira vez a Copa Paulista

 São Caetano e XV de Piracicaba fizeram jogo digno de uma verdadeira final neste sábado, no Anacleto Campanella. Após vencer (3 a 2) no Barão de Serra Negra, o empate era o resultado que o Azulão necessitava para ser campeão, e foi isso o que aconteceu.

O Pequeno Gigante conquistou título inédito ao empatar em 1 a 1 com o clube de Piracicaba. Feito esse que, culminou também, com o retorno azulino para a Série D do Campeonato Brasileiro em 2020.

O jogo

Em duelo bastante apreensivo desde o início, o Nhô Quim foi quem se aproximou de marcar primeiro. Após levantamento na direção da área caetanista, Mazinho acertou a trave ao tentar o cortar o lance.

O Azulão, por sua vez, respondeu nos arremates de Jean Dias – bem defendido pelo goleiro-, e nas conclusões de Clayton e Karl, que se perderam pela linha de fundo.

Disposto em inaugurar o marcador, o São Caetano não demorou em fazer na segunda etapa. Aos 20 minutos, Alex Reinaldo cobrou escanteio com bastante veneno do lado esquerdo. Kadu Barone tentou cortar o cruzamento, porém, desviou contra o próprio patrimônio. 1 a 0.

Os lances seguintes marcaram uma série de tentativas do XV de chegar ao empate. Algo que aconteceu aos 45 minutos com Gilberto Alemão, que deixou tudo igual de cabeça. 1 a 1.

No mesmo lance, Luiz Daniel foi expulso. Sem mais substituições para fazer, Mazinho foi o escolhido para defender a meta do São Caetano nos momentos finais do jogo até o árbitro decretar o término do confronto.

Enfim, ÉÉÉÉÉÉ CAMPEÃO!!!

Ficha técnica:

Local: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul;

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo;

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Luiz Alberto Andrini Nogueira;

Público: 3.138

Renda: R$ 45.040,00

São Caetano: Luiz Daniel; Lucas Mendes, Junior Alves, Max e Bruno Recife; Mazinho, Karl e Clayton (Chumbinho); Anderson Rosa (Alex Reinaldo), Jean Dias e Emerson Santos (Sandoval)

Técnico: Marcelo Vilar

XV de Piracicaba: Luiz Fernando; Jefferson Feijão, Gilberto Alemão, Paulão (Robertinho) e Peri (Luizinho); Fraga, Simião (Danilo Bueno) e Cássio Gabriel; Misael, Kadu Barone e Raphael Macena

Técnico: Tarcísio Pugliese

Gols: Kadu Baroni(contra), aos 20’/2º(São Caetano); Gilberto Alemão, aos 45′ do 2º(XV de Piracicaba)

Foto: Leonardo Lima

mat.JPG

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por STI Esporte