DTCC: Elias Azevedo é campeão por antecipação em Brasília

Paulista tornou-se o primeiro piloto a conquistar o título de um torneio monomarca da Audi em todo o mundo, e viveu e emoção de sagrar-se campeão no mesmo circuito em que seu filho, Duda Azevedo, venceu a F-3 Sul-Americana Light em 2002

O paulista Elias Azevedo (Grant Thornton), vice-campeão da Porsche Cup Light em 2009 e pai do campeão sul-americano de F-3 Light em 2002 Duda Azevedo, sagrou-se neste sábado em Brasília o primeiro campeão do Audi DTCC.

Com 159 pontos conquistados depois de disputadas onze das doze corridas da temporada de estreia da competição, Azevedo abriu 25 pontos para a dupla segunda colocada na tabela – formada pelos pilotos da extinta Copa Clio Willians Farias e Idenis Souza -, e não poderá mais ser superado neste domingo (30) na corrida de encerramento do calendário.

Aos 52 anos de idade, Elias Azevedo deu uma lição de vida ao conquistar um título de campeão brasileiro de automobilismo, feito com o qual sonha desde a infância. E não escondeu a alegria por ter se tornado o primeiro campeão de um torneio monomarca promovido pela Audi em todo o mundo.

“Automobilismo consome tempo e investimento. Quando meu filho disputava a F-3 Sul-Americana eu não competia, mas em 2008 estreei na Porsche Cup Light, torneio pelo qual fui vice-campeão. No começo do ano fiquei muito animado com a proposta do DTCC, e passei a me preparar física e mentalmente para esse campeonato. Não existe idade para buscar o que se deseja na vida, e hoje estou aqui realizando um dos meus grandes sonhos”, declarou o campeão.

O campeonato promovido pela Audi, que utiliza os modelos esportivos A3, estreou nesta temporada com um calendário de seis rodadas duplas nas pitas de Curitiba, Velopark, Campo Grande e Brasília, e reuniu mais de 20 competidores ao longo de suas 12 corridas. Entre os candidatos ao título, nomes vindos da Pick-up Racing (como Herberto Heinen), do GT Brasil (Marçal Mello), da própria Fórmula 3 Sul-Americana (Leandro Florenzo) e da Copa Clio (como a dupla Willians Farias e Idenis Souza), entre outros. Um grid que só valoriza a conquista de Azevedo.

“A diferença dos carros nesta categoria é mínima, então é realmente a dedicação de cada piloto que cria condições para o resultado. No primeiro treino que fiz com esse carro em Curitiba, fiquei a dois segundos dos melhores tempos e levei um susto. Mas fui buscando melhorar e já nesta primeira etapa consegui duas vitórias. Voltei a vencer no Velopark e em Curitiba, e me aproximei do título”, acrescentou o campeão, ganhador de quatro corridas na temporada.

Na rodada final, em Brasília, Azevedo precisava apenas de um quarto lugar na corrida deste sábado para chegar ao título. Mas foi além e terminou a prova em segundo. Depois do pódio, ele admitiu que correu pensando no campeonato e chegou a controlar o próprio ritmo ao longo das 22 voltas para evitar problemas. Já como campeão, Elias Azevedo relembrou a emoção vivida em 2002 com o título de seu filho Duda, e ressaltou a alegria de chegar à sua primeira conquista no automobilismo justamente no autódromo de Brasília.

“É bem emocionante para mim falar sobre isso, porque sofri bastante ao lado do meu filho na temporada em que ele foi campeão. Por isso para mim é uma grande alegria e uma grande satisfação estar aqui hoje. Deus está me dando um presente por poder ser campeão na mesma pista em que meu filho venceu a F-3 nove anos atrás. Isso é fantástico e só tenho que agradecer a todos os que me ajudaram nesta temporada”, relembrou Azevedo, que corre com o patrocínio da empresa de auditoria Grant Thornton.

Neste domingo a largada para a 12a e última etapa do Audi DTCC está prevista para as 10h50. Veja como terminou a corrida deste sábado no DF, e como ficou o campeonato após onze corridas:

Etapa 11
1) Idenis Souza/Willians Farias, 22 voltas em 26min38s269
2) Elias Azevedo, a 5s959
3) Kaká Mantovani, a 7s602
4) Wagner Amorim, a 10s556
5) Dennis Rolim/Dácio Rodrigues, a 13s343
6) Rogério Wemuth, a 13s883
7) Marçal Melo, a 14s390
8) Leandro Florenzo, a 14s772
9) Daniel Daroz, a 19s034
10) Fabio Vianna, a 19s204
11) Rogério Garrubo, a 24s781
12) Alline Cipriano, a 40s992
13) Adolpho Rossi, a 7 voltas
14) Herberto Heinen, a 12 voltas

Seis primeiros no campeonato após 11 etapas
1) Elias Azevedo, 159 pontos
2) Idenis Souza e Willians Farias, 134
3) Kaká Mantovani, 128
4) Dennis Rolim e Decio Rodrigues, 108
5) Adolpho Rossi, 102
6) José Mario Castilho, 96

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por STI Esporte